João Petry

A importância da dedetização residencial

A dedetização em residências é realizada quando nenhuma solução caseira é viável. Diversos pragas podem invadir uma casa, sendo as mais comuns insetos como: Baratas, aranhas, formigas, moscas, e pulgas, entre outros

Para se ver livre desse problema, o ideal é que se faça uma dedetização residencial periódica a cada 4 a 6 meses, para um controle efetivo das pragas e agindo como prevenção. Ou seja, não precisa esperar avistar uma barata para realizar uma desinsetização. Na verdade, quando avistamos alguma praga, já pode ser sinal de infestação, o que pode dificultar cada vez mais o controle.

Cada residência possui uma especificidade e, por este motivo, a estratégia da dedetização residencial depende da localização e da biologia de cada praga que habita o local. Alguns critérios para a decisão sobre o melhor método de combate são:

• Frequência de insetos e/ou aracnídeos;

• Facilidade de acesso;

• Vizinhança com histórico de problemas com pragas.

Quando o aparecimento das pragas é elevado, é sinal de que já passou da hora da dedetização. Não esqueça que a dedetização residencial preventiva é o melhor caminho para evitar o aparecimento de pragas em sua residência. Além disso, você contribui para o controle do problema ao seu redor.

Você também pode contribuir para evitar o aparecimento de insetos em sua casa, com alguns simples hábitos, como:

Não deixe restos de comida na cozinha. A gordura é um dos principais atrativos para os insetos. Lave bem as panelas e as louças;

• Limpar a pia sempre que acabar de lavar a louça para não deixar restos de alimentos;

• Tampar bem o lixo e retirá-lo todos os dias;

• Deixar o local sempre limpo;

• Monitore possíveis entradas localizadas nas paredes, por onde insetos podem entrar. Elimine as fendas, as frestas e os buracos;

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Matérias do Blog


× Fale conosco agora