Carregando...

Cupins

O objetivo da descupiminização é imunizar os locais atacados através de barreiras químicas no solo, impedindo o excesso dos cupins, a edificação e consequentemente, ataque às estruturas e aos derivados de madeira.

Cupins

Cupins são insetos que vivem em colonias, e tanto em castas reprodutoras, como não reprodutoras; estas últimas compreendendo as operárias e os soldados. Pertencem à ordem isoptera, cujo nome deriva do fato das formas aladas possuírem dois pares de asas membranosas sub-iguais. São mais ou menos 84 gêneros, que agrupam aproximadamente 514 espécies.

Cupins

Alimentam-se de uma variedade de produtos de origem vegetal, como papel, madeira, e de origem animal como couro, e lã. Pode-se de dizer que exercem a importante função de reciclar a madeira morta. Porém, nas áreas urbanas sua presença pode acarretar sérios prejuízos se sua proliferação não for controlada.

O objetivo da descupiminização é imunizar os locais atacados através de barreiras químicas no solo, impedindo o excesso dos cupins, a edificação e consequentemente, ataque às estruturas e aos derivados de madeira.

Divididos em duas espécies, cupim de madeira seca e cupim subterrâneo, tem no segundo o maior causador de danos. Eles constroem canais, atravessam paredes de tijolos, blocos ou concreto, atingem grandes distâncias e alturas, instalam-se em áreas de difícil acesso como o subsolo e vãos na estrutura, sempre em busca de sua fonte de alimentação (celulose).

A colônia é difícil de ser encontrada e quando os sinais começam a aparecer o grau de infestação já é alto, causando prejuízos enormes, seja na estrutura do imóvel ou em objetos, como telas de pintura, livros, arquivos entre outros.