João Petry

O aumento no número de insetos na primavera

Apesar das pragas urbanas estarem presentes o ano todo, a primavera é a estação preferida delas. Isso ocorre porque é nessa época, quando as temperatura e a umidade aumentam, que elas ficam favorecidas a reprodução. Com a aceleração do metabolismo, é geralmente nesse período que cupins, formigas e  baratas fazem a transição para a fase adulta, já que o clima está propício para crescer e se proliferar.  

Durante o inverno, com dias mais curtos, os insetos aproveitam para “descansar”. Com a chegada da primavera porém, esses bichos despertam e saem em busca de parceiros para o acasalamento. Logo, eles se reproduzem em grande quantidade e proliferam por todas as regiões.

Formigas, cupins, baratas e mosquitos são bons exemplos de insetos que ficam mais ativos nesse período e causam bastante incômodo nos ambientes, tanto dentro das casas como nas empresas e indústrias. Ratos, escorpiões e morcegos são outras pragas urbanas que também são comuns nessa época e geram ainda mais transtorno. Além do incômodo que é ter esses bichos por perto, eles podem causar prejuízos. Os cupins, por exemplo, destroem móveis e até casas e há também as traças, que destroem tecidos. Mas, ainda mais grave é o fato deles serem uma ameaça à saúde pois são grandes transmissores de doenças.

Um cuidado a parte é com as abelhas que são importantes polinizadoras e que ajudam a proteger o delicado ciclo da natureza. Mas precisamos evitar a aproximação negligente de uma colmeia, o que pode acontecer com mais frequência na primavera. Já que as colmeias estão em maior número, o risco de levar uma ferroada também aumenta. Por isso, além dos cuidados básicos é importante o auxílio de um empresa especializada nessa época do ano para que você fique em segurança e consiga aproveitar bem a estação das flores.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WhatsApp chat